quinta-feira, 16 de outubro de 2008

"FEITICEIRA"


Quem pode ficar alheio
a esta cor morena faceira
este sorriso estigante
e teu olhar de feiticeira
Seus lábios ocultam mistérios
que me incentivam a desvendar
por outro lado me amedronta
seu enigmático jeito de olhar
Estes olhos castanhos de tom mel
ferroaram-me o coração
provocando um frio na barriga
num estranho jogo de emoção
Sua voz soa como música
dominadora penetra meus ouvidos
se apodera de meus pensamentos
provocando desejos que não podem ser contidos
Oh! Feiticeira por que não realiza
meus loucos desejos que me sufocam a alma
ou então invente uma poção mágica
que me faça esquecer-te e devolva-me calma.


Valter Montani

Um comentário:

Valter Montani disse...

obrigado pela visita e por divulgar meu poema nesse espaço tão bonito e acolhedor, bjs e sucesso!!

Blog Widget by LinkWithin