quarta-feira, 5 de novembro de 2008

"POETAS VIVOS"


Sei de tudo
O que se passa
Comigo,

Ilhado por meus pensamentos
Embriagado por meus versos
Dia após dia
Alimento-me
De poesia,
E a cada noite que chega
Dedico-me ao sono
Onírico.

Sou poeta
Permito-me a criação.

Olho o mundo de uma maneira
Especial, com ou sem rima.
Tenho minha alma presa
A uma chama que acesa
Sublima.

Morro sem inspiração
Ou sem amor.
Respiro cada vez que minha palavra é lida,

Tenho um dom
O mais belo dom,
Sou poeta e recrio a vida .


Carlos Fernando Leser

3 comentários:

Lys disse...

Vim aqui retribuir a visita e que lindo o seu blog ! Que lugar mais agradável !

Adorei o visual, a música e a poesia !

Combinação perfeita !

Beijos astronômicos,
Lys

Leonor Cordeiro disse...

Amanhã será um dia muito especial, pois faremos a nossa blogagem coletiva em homenagem à querida escritora Cecília Meireles.
Estou muito feliz com a sua participação.

Grande abraço!

Leonor Cordeiro

Lys disse...

Olha que eu vou voltar aqui para cobrar os exercícios hem ?

Pensa na Dona Mary !!!

Dona Mary !!! Dona Mary !!! Dona Mary !!!

beijocas querida e tenha um lindo dia !

Lys

Blog Widget by LinkWithin