quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

"VENTANIA DE AMOR"


O forte vento que por aqui passou
Trouxe todas as certezas...
Me mostrando tudo o que sou
Colocando as cartas na mesa

Passou como passa a primavera
Trazendo luz e beleza ao jardim
E que ao partir para outras estações
Deixa triste a begônia e o jasmim

O breve vento que por aqui ventou
Trouxe teu cheiro e tua lembrança
Desmontou casas e tudo quebrou
Mas deixou também a esperança

Vento que tudo arrasta e traz
Vento forte e feroz
Traz em em teu rastro quem ficou pra tras
Deixando-me ouvir uma vez mais a tua voz

Voz que sibila em meus ouvidos
Que também me faz muito feliz
Passa levando tempos vividos
Do ontem que me fez infeliz

Quero me agarrar em teus cabelos
E por você me deixar levar
Voar por entre rosas nos canteiros
E suavemente deixar você me amar.

Serena.



35 comentários:

Poseidón disse...

SERENA,
lindo demais ese poema,

GOSTE MUITO DE ESTOS VERSOS :

"Passou como passa a primavera
Trazendo luz e beleza ao jardim
E que ao partir para outras estações
Deixa triste a begônia e o jasmim"

-isso e o que pasa com o amor a vezes...

EL amor es una de las palabras mas usadas...
Y QUIEN NO TIENE AMOR NO TIENE NADA!

marta disse...

olá, venho convidar para conhecer o meu espaço novo.
Conjuga fotografias com textos... espero que goste de me visitar.
Comecei hoje mas espero poder andar por estes sítio muito mais tempo.
Beijo.
Marta.
http://marta-essence.mine.nu

Cleo disse...

Oi Serena Flor, linda postagem acompanhada desta música divina, perfeito.
Beijos carinhosos.
Cleo

Cleo disse...

Esqueci de deixar o selo aqui:

http://i418.photobucket.com/albums/pp262/Stardust_049/selos-premios/403145cpia.jpg

beijos de novo.

Carlos Barros disse...

Querida Serena,

Um Poema apaixonante, que mostra uma expectativa para que o amor aconteça em plenitude.

Abraços Ternos

Sonia Schmorantz disse...

De minha parte, sempre penso que os ventos quando vêm fortes em nossa vida, vêm para levar algo que já não cabe mais em nossa vida, e também trazer o novo, aquele que ainda não conhecemos, que aflige, mas depois se torna paixão, surpresa, encanto...
lindo poema
um abraço

Vanessa disse...

Sempre belos poemas aqui!

Cris disse...

Oi, minha alma serena,

Já cheirei e colhí as tuas palavras.Estão agora aquí, na minha frente / mente , juntinho do coração.

Beijo, querida.

Lisa disse...

Lindo Serena.
Simplesmente perfeito, musica poesia e imagem
bjs

Nade disse...

Serena, adorei o post...
Adorei os outros...
Adorei o espaço!
Cheguei aqui como sempre: de blog em blog... Fiquei! Virei sempre aqui e colocarei um lnk seu no meu blog. ok!
Bjs ;)

* Fada * disse...

*Lindooooooooooooooo !!!

(*Dá uma SAUDADE de quem não se

teve !!! ).

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

O orvalho cobre
as flores da manhã,
gotículas frescas
e o alvorecer
da rosa de porcelana,
quando o júbilo
se inventa
numa única palavra dita
e o aroma nos liberta.
(Paula Raposo)

Tenha uma sexta feira linda com muito amor...
Linda postagem
Abraços

Véu de Maya disse...

entrei por acaso...fique alegre com tua alma poética.

bjinho

véu de maya

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Serena, fiz um poema para a Florbela após ler um tanto de sua vida, na hora deu vontade.
Quanto ao seu, parabéns por significar os sentimentos de forma tão bacana...fico feliz de ver a pessoas cada vez mais se expressando através dos poemas...um abraço na alma e um ótimo fim de semana...

Marcia Neves disse...

Lindo Poema Serena.
Ao ler teu poema fez-me recordar um que já escrevi algum tempo, onde o meu confidente era o Vento, onde também partilho o comentário da amiga Sonia Schmorantz , em que o Vento Tudo Leva e Tudo traz.


Vento Sussurrante

Olhando o mar
Ouço meu fiel amigo
Conta-me novas tuas,
E também aventuras suas...
Olhando o mar,
Escuto todas as suas palavras,
Seus conselhos,
Suas piadas,
Suas tristezas,
Seus amores...
Vento sussurrante
que muito me contas
Muito me ensinas,
Mas,
não sabes como tirar este sentimento...
Vento sussurante
Que sempre me acompanhas
Que sempre me amparas
Porque me pedes para o esquecer
Se sabes ser dificil...
Conta-me historias tuas,
Não me fales dele
Porque te invejo
Invejo-te,
pela a força que tens,
De lhe tocares e envolveres...
Invejo-te meu amigo
Por lhe sentires
E eu não...
Vento sussurrante...
Fala-me de tuas aventuras,
Não me fales nele,
Porque invejo-te amigo
Invejo quem sempre me ouvio
quem sempre me amparou...
Vento,
meu grande amigo...
Invejo-te,
Mas , apesar disso,
Nunca lhe desampares,
E com a tua força
Protege-lhe
abafa-lhe com teu ar quente
Com tua serenidade
toca-lhe na face
Sempre que ele estiver preocupado
para que se sinta reconfortado,
Meu amigo
Invejo-te
Sim Invejo-te...
Mas não o abandones...

http://palavrasopalavras.blogspot.com/2006/11/vento-sussurante.html

Beijo Grande

Márcia Neves

Isa disse...

Serena,kida Amiga,estou voltando aos poucos.A Maria está docinha...
Adorei e guardei os versos!Lindos.
Beijooo.
isa.

MENSAGENS AO VENTO disse...

_________________________________

Isso sim é amor! Belos quereres, Serena...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

__________________________________

neide disse...

Ler esse poema ouvindo essa música, fica ainda mais belo.
Música que acalma a alma.

Ótimo final de semana.

Bjss

Multiolhares disse...

O vento trás mas tambem veva as folhas quando já estão secas no coração
beijos

Gaspar de Jesus disse...

"...voz que sibila em meus ouvidos..."
Com esta linda musica...
Que lindo minha AMIGA E SERENA POETISA.
Já não sei o que mais dizer...é lindo demais.
Beijinhos
G.J.

Mai disse...

Serena, eu venho 'quebrando' todas as minhas certezas para poder reconstruir a partir de um novo olhar, coisas que há muito eu cria serem verdades absolutas e que se configuraram como frágeis...

Bem, as estações do ano também estão revoltas.

Ventos podem ser mesmo fortes ou alísios...
Amar é preciso e viver, também, querida.

Muito, muito carinho.

Flor ♥ disse...

Serena,

um poema eloquente ao descrever a devastação de um vendaval que às vezes chega sem avisar...

Beijinhos!

Luciana disse...

Como eu gostei muito deste poema, não podia deixar de comentá-lo aqui, pois o li no Orkut. É lindo! Esse poema, com essa música, aliados à beleza do blog, temos uma sincronia perfeita em todos os sentidos! beijos,amiga! Bom domingo!

Bill Stein Husenbar disse...

Serena

Como foi bom ler estes bonitos versos que redigiu.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com

Sonia Schmorantz disse...

Acredite que sua semana vai ser muito feliz,
que todos os dias o céu tem uma nova cor
e que o Universo conspira a seu favor,
sempre que você assim o quiser.
Assim que seus olhos avistarem o sol pela manhã
lembre-se que este novo dia está por ser escrito
e pode ser sempre um dia feliz,
se você se permitir assim...

tossan disse...

muito lindo! Beijo

Essa alegria, que me põe cativo,
colheu-me, um dia, morto... e agora eu vivo. *Furlam Naeto*

O Velho disse...

Bons ventos a trouxeram! rsrs

Tudo bom, Serena?

Desculpe a ausência. Quarta vou publicar o próximo capítulo. Esse período foi importante, pra mim rever várias coisas.

Beijão! Muito grato pelo carinho!

;-)

Lua disse...

Oi Serena, muito lindo mesmo! dediquei um selo que ganhei para você, se gosta é só passar no meu blog e pega-lo.

bjs

Ana Rita disse...

Simplesmente espectacular!
Mais uma vez fico sem palavras...
Beijo*

Luísa disse...

Liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo!
Quem não gosta de ser amado e deixar-se amar?
Liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo!
Beijinho!

Elcio Tuiribepi disse...

Sumo não...rs...apareço de vez em quando...navegar é preciso, distrair a mente e exercitar a integração, a empatia e a amizade...um abraço na alma...

Cris disse...

O título desse poema lindo poderia ser " Entrega", coisa que poucos de nós sabemos exercitar.

Beijo, querida.

Valter Montani disse...

Serena você é um Poetisa perfeita,
e para ser minha escritora eleita
só precisa uma coisa ligada a paixão
largar de ser rubro-negra e torcer pelo

TIMÃO!!!!!!!!!!!!!!

hahaha, só para te sacanear, bjs

UIFPW08 disse...

Feche a sua maneiras estou olhando
com que a beleza que a esgotar-me como o vento,
com a felicidade que eu li nos seus olhos,
Desta vez gostaria ..
doce como você é.

Aqui eu não tenho limites, não tenho medo .. ..
Estou com você.

Rosemary Q.(Miguxa) disse...

Olá Serinha!

Como vai você?

Vim te ver e encontrei esse lindo e maravilhoso poema.Parabéns!!

Amiga,se cuida e um ótimo fim de semana.

Bjs

Blog Widget by LinkWithin