sábado, 1 de agosto de 2009

"BLOGAGEM COLETIVA - "UMA CARTA DE AMOR"




Se eu fosse contar de tudo que eu sentia
Minha voz meio rouca, soaria no vento
Sairiam palavras de amor e de alegria
Mas libertas do peito, perderiam-se no tempo.

Minha boca cansada, repetindo "Eu Te Amo"
Sai gritando o teu nome, na fria madrugada
Num espelho de sons, a saudade ecoando
Repetindo o acústico de canção emoldurada

Na distância, a saudade por ti procurando
No teu sono, o silêncio da noite se acabando
Decidi que o melhor é escrever-te uma carta

Pra caneta inquieta, meus sonhos fui ditando
Numa folha de papel, minha vida alinhando
Assinando em mil beijos, onde amor nunca falta

Charlyane Mirielle.


Este poema faz parte da Blogagem coletiva
proposta pelo blog Vou de Coletivo.

29 comentários:

Compondo o olhar ... disse...

linda esta sua carta... parabéns pela bela participação desta blogagem coletiva.

tbm participo...

bjocas

Mari Amorim disse...

olá amada,
que bela escolha,não é a toa,que ao chegar aqui logo percebemos sua alma poetica
Boas energias
Mari

Sandra disse...

Linda mensagem, carta de amor.
Eu também estou viajando neste coletivo.
O amor é maravilhoso. As cartas existem para expressarmos o sentimento distante.
Com carinho
Sandra

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A amizade é assim:
É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estentida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive!

¨Olavio Roberto¨
Desejo um lindo final de semana
Abraços

Chica disse...

Linda carta e amor saudoso!beijos,chica

Ana Lúcia Porto disse...

Parabéns!! De outras cartas com o estilo semelhante ao seu, a sua me foi a número 01, a melhor, até onde cheguei. Contudo, eu lhe digo, falta pouco para eu terminar de ler as demais.

Eu também estou no Coletivo, se quiser tomar um café, bater um papinho e ler a minha carta, lá em meu blog, ficarei contente.

Beijos,
Ana Lúcia.

Elcio Tuiribepi disse...

Oi serena, não é que este coletivo está super lotado...caramba...
Assim que ele passar vou fazer sinal e embarcar também...rsrs
Pelo que vi lá, ainda dá tempo.
Brincadeiras a parte, legal a iniciativa de quem teve a idéia.
Boa escolha o seu poema, e claro, hoje em dia abandonamos as cartas, o que nos faz ter noltagia das mesmas.
Bom domingo...um abraço na alma

Sueli disse...

Serena, adori a carta-poesia de amor! Visitei todo seu blog e adorei tudo. As músicas, então são divinas. Parabéns! Pretendo voltar sempre. Também estou ocupando um banco nesse Coletivo. Abração!

Bonequinha de Luxo disse...

Oi,Serena

Gostei muito de sua bela carta,que mostra o amor sofrido que nos torna mais sensíveis para apenas dizer "eu te amo"!

Obrigada pela visita e comentário.
Belo domingo!
njus

Adriana disse...

Olá
MAravilhoso o poema, parabéns pela escolha.

bjs

Ana Paula Motta disse...

Oi, Serena, agradeço a visita. Bela praticipação a tua...

Tempestade disse...

Acho lindo quem escreve poemas.
E o seu tão singelo e muito bonito!
Gostei!
Beijos Tempestuosos!

Nanda Botelho disse...

Caneta inquieta é danada, não deixa a gente dormir, grita no ouvido, nos faz levantar e como escravos escrever!

Também estou participando, peguei o coletivo andando, pois confundi o dia da partida!

Bjão!

Natasha Dias disse...

Serena,
Obrigada por sua visita e principalmente por seu comentário em meu blog,fiquei muito feliz e não pude deixar de ver sua participação no coletivo esse mês e menos ainda não poderia deixar de conhecer seu blog.
Parabéns muito linda participação... Seu blog é um encanto!
Sempre que desejar meu mundo estará de portas abertas para recebe-lá...
Tenha uma linda semana!
Beijos

António Rosa, José disse...

Estou a passear pela blogagem colectiva e a ler a participação de todos e vim cá parar.

Gostei muito do seu poema.

Abraço.

Ví Leardi disse...

Obrigada pela visita e parabéns pela bela participação.

neide disse...

Oi minha linda Serena!

Amiga, obrigada pelas palavras carinhosas. Também tenho saudades desse cantinho que você sabe que adoro.

Olha, estou vivendo uma linda história de amor. Acho que vou participar desse coletivo também... pegar o coletivo andando é fogo ñ é? rsr

Apareça sempre pra tomarmos um cafezinho, amo quando me visita.

Boa semana querida.

Bjão

A.S. disse...

Um belo soneto!
Senti emoções em cada estrofe...

Beijos!

angela disse...

Muito especial seu poema, com imagens bonitas e encadeando palavras com criatividade.
abraços

.Lis disse...

Seu poema é uma linda carta de amor. Parabéns

Cleo disse...

Passei aqui também.
Beijos
Cleo

Cerejinhäa disse...

Participar do vou de coletivo é muito bom né.
Boas energias *--*

Nilson Barcelli disse...

Uma bela carta de amor feita soneto.
Gostei querida amiga.
Boa semana, beijo.

Isa disse...

Serena,querida,que doce você é!
Vou contar sim.
Sei que vou emocionar-me...mas conto.
Beijoooo
isa

Olavo disse...

Lindo poema Serena..lindo.
Beijos

Olavo disse...

Tem um presente para vc lá no blog
Beijos

EVELIZE SALGADO disse...

A viagem de coletivo me trouxe até aqui. Linda carta-poema!

Parabéns!!!!

Vou de coletivo! disse...

Também adorei o formato poema da carta!

Obrigado pela participação!

abs,

Murilo

MGHORTA disse...

A boca fala de aquilo que um coração sente...

Lindo poema, linda página, parabéns.

Beijo

Blog Widget by LinkWithin